Vem aí, Batida na Escadaria -gastronomia, arte e alegria-

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

Amigos da gastronomia, arte e moda se reúnem para receber em casa de Pinheiros

Tem eve19814071_1617432021663086_880119178_onto novo no pedaço: a Batida é um encontro de amigos para celebrar com boa comida, vinhos, drinks e arte. A ideia é ser um projeto itinerante, explorando lugares inusitados pela cidade de São Paulo. Sua primeira edição acontecerá no dia 8 de julho, sábado, das 12h às 20h, em uma charmosa casa na escadaria da Rua Alves Guimarães, em Pinheiros.

19749568_1617417368331218_33696505_o

Entre os amigos que se reúnem para a estreia estão veteranos como Checho Gonzales, da Comedoria Gonzales, famoso por sua “comida de imigrante” com influências latino-americanas. No dia, Checho irá oferecer ceviche de peixe em leite de coco com laranja (R$ 23) e de camarões em shoyu com maracujá (R$ 25). O evento também conta com a participação do Sommelier Itinerante, parceria das sommelières Daniela Bravin e Cássia Campos que tem como objetivo fazer intervenções etílicas pela cidade, em lugares poucos convencionais e/ou carentes de bebidas especiais. As taças de vinho escolhidas pela dupla têm preço que varia entre R$ 15 e R$ 20, e também será possível adquirir garrafas no evento. Completando o elenco, Ligia Karasawa (do Brace, no complexo do Eataly) traz sua culinária feita na grelha, com espetinhos para todos os gostos (de R$ 18 a R$ 24); Marisa Ono (marisaono.com/delicia) prepara conservas, molhos, miso e até coxinha para levar para casa; Toshi Akuta, do Izakaya Matsu, faz o katsu sando – sanduíche de Copa Lombo à milanesa com maionese e karashi (R$ 26) – e Bia Bonduki, da Hanuni, oferece receitas sírias de família, como kibes, esfihas, saladas e mezzes.

capturarf

Na trinca dos drinks, o roteirista e diretor de cinema Günter Sarfert, que nas horas vagas prepara coquetéis em seu canal GunterBar, no YouTube, faz seu début com versões do tradicional aperitivo Cynar (drinks de R$ 16 a R$ 20). Thiago Pereira que  é um bartender que migrou das técnicas de Flair para os ingredientes artesanais preparados com técnicas de cozinha. Hoje é chefe de bar do Sala Especial 92 e Rodolfo Sousa Bob, que trabalha com educação em gastronomia com foco em bebidas. E ao longo de seus 16 anos de profissão especializou-se em treinamentos e consultorias. E Está a frente de projetos como o portal Obarvirtual, Cachaçada na Calçada e Punkideas (Drinks Prontos para beber). Juntos preparam 3 coquetéis cheio de cores e sabores, brasileiros.

Mula do Sertão- inspirado no universo sertanejo da catinga

19720110_1615001511906137_423162748_o-1

Cachaça Spiral Drink Maker, rapadura, especiarias, gengibre , limão R$ 17

Coragem Cabocla, que une a tradição Holandesa do gim com um toque brasileiro.

19748036_1615001258572829_981359171_o

Gim Virga/Bobby’s, Vermute seco com infusão de camomila e mel, redução de cerveja com especiarias, calda de maracujá,  finalizado com Ginger Beer- Fever Tree R$ 20 (com gim Virga) / R$ 30 (com Bobby’s)

Soda da Madame, que tem um pé na tradição brasileira e está atento aos produtos orgânicos de alta qualidade.

Vodka Organica Tiiv, calda de abacaxi, soda artesanal de catuaba adoçada com mel e limão R$ 20,00

Vodka Orgânica TiiV, calda de abacaxi, soda artesanal de catuaba (adoçada com mel) e limão R$ 20,00

Moda e arte também fazem parte do evento, com peças de acervo pessoal (de R$ 49 a R$ 89) e quimonos yutaka masculinos (R$ 620) criados por Isabel Mascaro, da Umkimono. A DJ Luiza K, além de animar a festa com sua discotecagem, também irá disponibilizar peças de acervo do brechó Sra. Tempo Bom, com promoções de jeans a $15 e calças Levi’s a $50 cada, além de objetos, mimos vintage e LPs.

A ilustradora Janaina Tokitaka irá expor peças originais como Insetários (insetos em aquarela, nanquim e papel fabriano – R$ 200 já emoldurado), Saquinho de Sobras de Atelier (R$ 30) e livros para crianças feministas: “Pode Pegar” Ed. Boitatá (R$ 38,00) e “Princesas Guerreiras”, Ed. Pallas (R$ 38,00). Por fim, as fotografias autorais de Nathalie Artaxo e Pedro Mascaro, impressas com tinta a base de pigmentos minerais sobre papel algodão, completam a seção artística, com preços que vão de R$ 100 a R$ 520.

A Batida, que tem o nome inspirado na tomada repentina de um lugar, é a primeira de muitas, e pretende criar um binômio a cada edição, de acordo com sua localização.

Serviço:

Batida na Escadaria

Dia 08 de julho, das 12h às 20h

Rua Alves Guimarães, 766, Pinheiros, São Paulo

Entrada franca

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>